O market share é um termo comum nos negócios e diz bastante sobre o sucesso das empresas, pois visa entender a relevância de uma determinada organização para o segmento em que atua. 

Entendê-lo é fundamental, já que é por meio dele que você saberá em que posição seu negócio se encontra no mercado em comparação aos concorrentes. Além disso, também é importante pelo fato de colaborar para a atração de novos clientes e investidores — tudo vai depender do contexto analisado.

Para facilitar a sua compreensão, mostraremos, a seguir, não apenas o que é market share, mas também como calculá-lo e por que os gestores devem conhecê-lo. Aproveite!

O que é market share?

A tradução literal de market share, “quota de mercado”, é autoexplicativa. Não é difícil de entender que o termo se refere à participação do negócio em algum mercado específico — ou seja, a presença da empresa em seu segmento de atuação.

No entanto, mesmo que a maioria dos gestores já tenha ouvido falar de market share, muitos ainda não o compreendem perfeitamente. Nesse sentido, o problema está na análise indevida dos seus fatores, como o equívoco de achar que o indicador é baseado no número de clientes ou usuários da marca — e os empreendedores de tecnologia cometem esse erro frequentemente. 

Em outras palavras, ter 15% dos consumidores não significa ter 15% de market share, pois a relevância do negócio é medida pelo seu volume de vendas (quantia monetária) em relação ao faturamento total do seu setor — ou seja, se um concorrente tem apenas 1% dos clientes, mas gera 10% do volume de vendas do mercado, seu market share é de 10%.  

Como calcular a sua fatia de mercado? 

O cálculo do market share não é baseado em uma fórmula exata, o que não quer dizer que o resultado não seja confiável. É preciso ter em mente que, para obtê-lo, vários são os cenários a analisar, como:

  • área geográfica (cidades, estados e regiões);
  • públicos específicos (idade, gênero e classe social);
  • produtos e serviços (participação de mercado de cada um deles).

Para isso, é preciso fazer um estudo detalhado das informações do próprio setor, procurando pelos dados que as instituições especializadas em pesquisa de mercado obtêm ano após ano. Ferramentas de Bussiness Intelligence também podem ajudar, principalmente quando associadas a um bom sistema de Big Data. 

Por que os gestores devem conhecer o market share da organização?

São dois os motivos principais pelos quais os gestores devem conhecer o market share da organização, e isso é ainda mais necessário para o ramo da tecnologia.

Análise de valor da empresa

Saber o market share é essencial para a análise de valor da empresa, pois ele indica se o produto ou serviço oferecido tem potencial de crescimento ou não. Esse indicador é observado na procura dos usuários pela solução em questão, considerando também as taxas de desistência e de manutenção de uso.  

Avaliação do progresso da companhia 

Quando analisado de modo constante, o market share permite avaliar o progresso da empresa. Ao perceber uma evolução ao longo dos meses, o gestor pode concluir se a sua marca está ganhando espaço no mercado. 

Como vimos, o market share pode ser aproveitado por todo e qualquer tamanho de empresa. De startups a grandes organizações, todas conseguirão tirar proveito dos números conquistados. 

Se você gostou deste post, aproveite para conhecer as melhores redes sociais e tendências do mundo online!